Trânsito no entorno do Aeroporto da Pampulha não é problema

Há muita objeção sobre a ampliação de voos na Pampulha no que tange a questão do trânsito na região. Uma pesquisa de tráfego, com razoável nível de confiança, para estimar os possíveis impactos no trânsito do entorno do Aeroporto da Pampulha é algo muito complexo, tendo em vista uma série de variáveis que existem. No entanto, podemos fazer algumas considerações a cerca das características dos acessos viários e transportes que levam ao aeroporto:
1. A região do Aeroporto da Pampulha já é um caminho obrigatório para quem vai para o Aeroporto de Confins. De modo geral, quem se desloca até confins, necessariamente precisa passar por uma das avenidas da região: Av Antonio Carlos; Av Cristiano Machado; ou Av Carlos luz/ Av Abel Caram, por exemplo. Quem for viajar tanto por Confins quanto pela Pampulha, terá que usar praticamente as mesmas avenidas.

2. As Avenidas Professor Magalhães Penido e Santa Rosa (Entre o Aeroporto e Av. Antonio Carlos), os acessos diretos ao Aeroporto da Pampulha, são vias que apesar de largas só movimentam o trânsito local, com movimento tão baixo que dispensa a existência de semáforos em seus cruzamentos (a única exceção um cruzamento semaforizado na Av Magalhães Penido, próximo a Av Antônio Carlos). Ainda na Magalhães Penido, o movimento chega a ser tão leve que, das duas faixas de cada sentido, a faixa da esquerda chega a ser usada como estacionamento. Na entrada do aeroporto uma simples rotatória consegue dar conta do tráfego no cruzamento da Av Magalhães Penido e Rua Gen. Aranha (Praça Bagatelle). Essas observações sugerem que as Avenidas Professor Magalhães Penido e Santa Rosa são capazes de absorver certo aumento no tráfego de veículos, sem causar maiores problemas na circulação da região.

3. Ao contrario de como era antes da transferência dos voos para Confins, hoje o aeroporto é bem servido de linhas de ônibus ( 5401 MOVE / SE01 Executivo Urbano / Conexão Aeroporto) que favorecem o uso do transporte coletivo em detrimento do individual para se chegar ao terminal da Pampulha.

4. Vale lembrar que não estamos falando da transferência de todos os voos de Confins para a Pampulha, até porque isso não é possível. A capacidade do terminal do Aeroporto da Pampulha é limitada e com isso não é esperado um incremento além da conta no movimento do entorno do terminal.
Por fim, o trânsito é uma questão inerente a qualquer grande cidade no Brasil. Essa questão não é exclusividade dos bairros vizinhos ao aeroporto, uma vez que esses bairros não são uma ilha, mas estão inseridos no contexto de uma grande metrópole. Supõe-se que os habitantes da cidade e daquela região estejam conscientes do porte da cidade em que vivem e sua respectiva dinâmica urbana.


Avenida Santa Rosa no Google Street View

Avenida Professor Magalhães Penido no Google Street View


Veja Também: Acessos
Share on Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment