O Movimento Ponte Aérea Já na estreia da Gol no aeroporto da Pampulha

Parte do grupo do Ponte Aérea Já
no aeroporto da Pampulha
Foto: Ton Nettos

Nesta segunda-feira (22/01/18), o Movimento Ponte Aérea JÁ esteve presente no aeroporto da Pampulha na recepção ao primeiro voo da Gol Linhas Aéreas. Usando camisas personalizadas, os membros do movimento entregaram panfletos aos passageiros e às demais pessoas que foram ao aeroporto presenciar a chegada do voo da Gol. 

As camisas verdes do pessoal do Ponte Aérea Já se destacavam por todo o saguão do aeroporto e, talvez por isso,  a 'impressa do mal' não foi lá mostrar imagens da movimentação no aeroporto com a chegada da Gol na parte da manhã. Além de nosso Movimento, o Sindicado dos Aeroviários marcou forte presença, recepcionando os passageiros do primeiro voo da Gol com faixa, caixa de som e até confetes.
Presidente da Infraero, Antônio Claret,
e Superintendente Mário Jorge.
Foto: Ton Nettos

O presidente da Infraero, Antônio Claret, também veio à Belo Horizonte prestigiar o retorno da Gol ao aeroporto da Pampulha. Claret chegou à BH justamente no voo inaugural da Gol, onde logo ao desembarcar em Pampulha, concedeu entrevistas na área de desembarque do aeroporto, sendo recepcionado em seguida pelas pessoas que comemoravam no saguão.

Mas esta ainda não é uma conquista plena tal qual o Movimento espera, que são voos de ponte aérea, ou seja, voos diretos para as capitais mais próximas. Ainda assim, a operação de voos comerciais com aeronaves do porte de um Boeing 737-700 é por si só  uma verdadeira quebra de tabu para o aeroporto da Pampulha. 
Time feminino de vôlei do Minas
Tênis Clube embarca no
 primeiro voo da GOL
Foto: Ton Nettos

Essa operação da Gol demonstra e confirma que o problema não são questões técnicas do aeroporto, mas sim as forças políticas que insistem em deliberar contra a sociedade belo-horizontina, propondo restringir Pampulha por interesses próprios.





Tempo de viagem e preços aumentados, por decisão do TCU


A Gol reestrearia na Pampulha com voos diretos de Congonhas com preços inferiores a R$ 200,00 por trecho, já incluindo taxas, conforme divulgado no site da companhia, que salvamos e expomos abaixo.

Porém, por imposição do Tribunal de Contas da União, a Gol passou a ser obrigada a fazer escala no aeroporto regional da Zona da Mata, aumentando o percurso, o tempo de viagem e, consequentemente os preços das passagens.





Share on Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment